quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Épico o....

Chamar à noite futebolística de ontem épica, única, memorável, etc. é apenas de quem não viveu os feitos que os adeptos do Porto têm vivido nos últimos anos. Quem não viveu o golo do Kelvin, quem não viu o Porto ser campeão sem luz, quem não viu Porto virar uma eliminatória da taça de portugal na luz, quem não viu Porto ganhar tudo e ser 7 vezes campeão nacional nos últimos 8 anos, isso sim é memorável e épico. O Golo do Kelvin foi épico, para contar aos netos, os 5-0 foram memoráveis!! Mas apesar da minha opinião, entendo que a opinião geral do país, ou dos seis milhões, é de que foi uma noite épica. Tem tudo haver com o grau de comparação e com a habituação de cada um.

O jogo de ontem foi um grande jogo de uma equipa que fez uma fase de grupos fraca e que se sujeitou a estar a lutar por um lugar quando não deveria, quando devia ter sido apurado em primeiríssimo lugar. Fomos fracos! Não ganhamos nada! 
Continuo a dizer que acho que Portugal fez um grande jogo e particularmente CR7, aliás, começo a gostar mais do CR7, pelo que tem feito na selecção, por todas as campanhas insultuosas que lhe têm sido feitas, começo a simpatizar com o homem. Mas continuo a achar o Messi o melhor jogador do mundo que eu vi jogar. Lembro-me do Maradona, mas já em decadência e com nariz muito queimado. Mas a verdade é que este ano o CR7 merece o prémio do Sr. Blatter. 

Sem comentários:

Enviar um comentário