quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Hmmmmmmm

Sobre isto só tenho a dizer o seguinte : Hmmmmmmmmm não acredito nesta história!!!

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Se Calhar É Melhor..

Rui , Eu também estou desiludido com país, mas não é essa a desculpa que eu vou usar para justificar a minha pouca, ou nenhuma vontade de trabalhar e muito menos os meus insucessos profissionais, mas obrigado pela sugestão.

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Eu Avisei

Eu sempre disse que os benfiquistas não eram de confiança...agora está aí a prova!

sábado, 2 de agosto de 2014

Mas...Mas...

Mas...então os EUA não estavam a tentar que Israel parasse com a chacina que está a fazer na Palestina? Então não entendo isto. Só pode ser brincadeira..
Como é que eles têm coragem de dizer que querem a paz no médio oriente. Toda gente sabe que um dos grandes negócios dos americanos é a venda de armas e como tal, têm que existir conflitos, porque senão não há mercado para eles. Como vêm descrito na noticia: "Esta venda é consistente com esses objectivos".

Numa conversa telefónica com o ministro da Defesa israelita, Moshe Yaalon,  Hagel manifestou que os "Estados Unidos continuavam preocupados com o aumento  das vítimas palestinianas e perda de vidas israelitas, assim como com a  deterioração da situação humanitária em Gaza" 

Que piada...